A conta do bar

Para quem não sabe aonde vai, qualquer direção basta. E para o Reinaldo, o caminho do buteco lhe bastava.
Religiosamente as 11h45, ele adentrava, perguntava o que havia de comida e abria sua primeira cerveja do dia.
– Oh Juca! Já vai começar o jornal,  liga a tv aí.
Seu Juca considerava Reinaldo como peça decorativa do bar, chegava e saia na mesma hora, mas o seu diferencial era os comentários sobre as notícias da televisão.
– Tu viu essa? Vão aumentar o preço da gasolina pra R$3,50. O preço da Skol lata.

Isso não era nada, a distância era medida em futebol.
– 20 quilômetros de engarrafamento? Dá pra ir e voltar a pé pra ver minha Portuguesa jogar.

E o escândalo sobre a falta de água?

– Poxa Juca,  são necessários 2 bilhões de reais para obra de transposição. Quanto daria isso em cerveja?

Essa conta ainda está sendo calculada acompanhada de uma cerveja gelada com uma porção de frango à passarinho.

Posted from WordPress for Android

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s